Notícias atualize-se e recomende!

Planejamento » 825 vagas para analista. R$5.270 no 3º grau 06/09/2012

Quem possui nível superior e está interessado em ingressar no serviço público federal deve considerar o concurso promovido pelo Ministério do, para preenchimento de 825 vagas de analista de políticas sociais. Os classificados serão distribuídos por vários ministérios, conforme a área de atuação. Há 450 oportunidades em Saúde, 248 em Gestão Social, 77 em Assistência Social, 30 em Educação e 20 em Previdência. A remuneração inicial, de acordo com a assessoria do Ministério do Planejamento, é de R$5.270,53, incluindo o vale-alimentação, de R$304. O valor pode chegar a R$5.770,63, no caso da atribuição de 100 pontos na avaliação de desempenho, realizada anualmente.


 


Os novos servidores irão trabalhar 40 horas semanais, e todas as vagas são para Brasília. No total, 43 vagas são destinadas a candidados com deficiência. O prazo de validade da seleção é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. As inscrições devem ser feitas no site da Esaf, organizadora, até as 23h59 do próximo dia 16. O candidato deve preencher a ficha, imprimir o boleto e pagar a taxa de R$100 em qualquer agência bancária, até 21 deste mês. Há postos de inscrição para quem não possui acesso à internet, em todas as capitais.


 


Pode solicitar a isenção do pagamento quem está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), sendo integrante de família de baixa renda. O pedido deve ser feito durante o período de inscrição, sendo necessário preencher o formulário e indicar o número de identificação social (NIS). A primeira fase da seleção será composta por dois exames objetivos, de Conhecimentos Básicos e Específicos, previstos para serem realizados no dia 18 de novembro, em todas as capitais. Os 2.977 primeiros colocados nessa etapa farão a prova discursiva. Após, os candidatos terão seus títulos avaliados.


 


 


Fonte: Folha Dirigida