Notícias atualize-se e recomende!

Receita » Orientações da organizadora para as provas 20/09/2012

Acontecem nestes sábado e domingo, dias 22 e 23, as provas objetivas do concurso da Receita Federal para 950 vagas de analista-tributário e auditor-fiscal. Ao todo, 120.005 candidatos são esperados para realizar o exame, em todas as capitais. A consulta dos locais de prova é feita no site da Esaf (organizadora), e aqueles que não localizarem seus dados devem se dirigir ao órgão do Ministério da Fazenda na cidade onde optaram por fazer as provas (relacionado no edital), para confirmarem a inscrição e se informarem sobre o local da avaliação.



No dia 22 será  aplicada apenas a prova de Conhecimentos Gerais para auditor (26.313 inscritos). O fechamento dos portões está marcado para as 13h e os candidatos terão cinco horas para responder às questões propostas. No domingo, os concorrentes ao cargo farão as provas de Conhecimentos Gerais I (fechamento dos portões às 9h e duração de três horas) e II (14h; cinco horas) para auditor. No caso de analista (93.692 inscritos), a prova de Conhecimentos Gerais será realizada pela manhã (fechamento dos portões às 8h30) e a de Conhecimentos Específicos, à tarde (fechamento às 15h). As avaliações terão duração de quatro horas e meia e de quatro horas, respectivamente.



Orientações - De acordo com a Esaf, os candidatos devem chegar ao local indicado pelos menos meia hora antes do fechamento dos portões, levando caneta esferográfica azul ou preta, de preferência transparente. A organizadora orienta ainda os candidatos a não levarem equipamentos eletrônicos. Já o telefone celular, deverá ser entregue, desligado, ao fiscal de sala, junto com os demais materiais excedentes. Restando meia hora para o término da prova, o fiscal entregará o espelho para a anotação das marcações feitas no cartão de respostas.



 



Gabaritos estão previstos para esta segunda, dia 24



Aqueles que realizarem as provas da Receita Federal poderão conferir seu desempenho já na segunda-feira, dia 24, para quando está prevista a divulgação dos gabaritos. Será possível consultar as respostas oficiais no site da Esaf, tão logo estejam disponíveis. Serão considerados aprovados aqueles que obtiverem pelo menos 40% dos pontos de cada disciplina e, no mínimo, 60% da pontuação total. Serão chamados para a prova dissertativa, para analista, os classificados até a posição 1.995 na área Geral e até a 141 na área de Informática.



Já para as discursivas, para o cargo de auditor, serão convocados os classificados até a 570ª posição. Em todos os casos serão considerados os empates na posição limite. As provas subjetivas serão aplicadas, provavelmente, em 21 de outubro. O concurso inclui ainda sindicância de vida pregressa, com a entrega de documentos prevista para o período de 18 a 21 de dezembro. A publicação do resultado final está marcada para a data provável de 27 de janeiro do ano que vem. A seleção terá validade de seis meses, podendo ser prorrogada por igual período. Ao longo da vigência, outras vagas poderão ser oferecidas aos aprovados.



Inicialmente, serão preenchidas 950 vagas, sendo 750 de analista (700 na área Geral e 50 na área de Informática) e 200 de auditor. Os concursados ingressarão com remuneração de R$8.300,07 (analista) ou R$13.904 (auditor), incluindo auxílio-alimentação, de R$304, e poderão ser lotados nas unidades centrais da Receita Federal, em Brasília, ou em unidades descentralizadas, existentes em todo o país.



 



 



Fonte: Folha Dirigida