Notícias atualize-se e recomende!

TRE-PB: Edital previsto para o início de agosto. 22/07/2015

Boa notícia para os interessados no concurso para a área de apoio do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). De acordo com a Secretaria de Gestão de Pessoas do órgão, restam alguns detalhes na assinatura do contrato com a organizadora, a Fundação Carlos Chagas (FCC), para que seja realizado o concurso. A expectativa é de que o contrato seja formalizado na próxima semana. Segundo o cronograma preliminar interno, as provas objetivas serão aplicadas no mês de outubro. A intenção do tribunal é de divulgar o edital de abertura da seleção até o início de agosto.


O tribunal confirmou a oferta de oito vagas, das quais seis para técnico judiciário (uma para Programação de Sistemas, uma para Operação de Computadores e quatro para a Área Administrativa), com exigência do nível médio. As outras duas vagas serão para analista na Área Administrativa, cuja exigência é o nível superior. Até a publicação do edital, a expectativa é que o quadro de vagas seja aumentado.


O concurso é uma excelente oportunidade para a carreira pública judiciária. Além da desejada estabilidade, as excelentes remunerações também são motivos entusiasmo dos futuros candidatos. Para a carreira de técnico, os vencimentos são de R$6.177,75. Já para analista, os ganhos mensais são de R$9.645,80. Ambos contam com R$799, referente ao auxílio-alimentação.


Chama atenção também o fato do tribunal ter tradição de convocar mais classificados do que o número de vagas abertas inicialmente. No concurso anterior, realizado em 2007, foram abertas 73 vagas (50 para técnico e 23 para analista), nas áreas judiciária, administrativa, enfermagem, análise de sistemas, edificações, mecânica, entre outras. No período de quatro anos da validade da seleção, entretanto, foram empossados 198 candidatos. A organizadora da seleção também foi a Fundação Carlos Chagas.  


Os candidatos à técnico na área administrativa foram testados em questões de Português, Noções de Informática e Noções de Arquivologia, além de Noções de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Direito Administrativo, e Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e o Regimento Interno do Tribunal.