Notícias atualize-se e recomende!

BB: Saiu edital para seis estados da Região Nordeste! 10/08/2015

Foi divulgado, nesta segunda, 10 de agosto, o edital de abertura do concurso para o cargo de escriturário do Banco do Brasil, contemplando a Região Nordeste, mais especificamente os estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. O documento pode ser consultado no anexo abaixo. A seleção é para o preenchimento de 95 vagas imediatas e formação de cadastro reserva com outras 765 vagas - totalizando 860 oportunidades. Há reserva para deficientes e candidatos negrou ou pardos. As inscrições serão recebidas já a partir desta terça-feira, 11 de agosto, até o dia 31 deste mês, no site da Fundação Cesgranrio, organizadora, cobranda a taxa de R$42. As provas objetivas e a Redação estão marcadas para 18 de outubro.


O BB também tem concursos programados para outros estados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, A expectativa é de que os editais de abertura dessas seleções sejam divulgados ainda este ano. O cargo de escriturário exige o nível médio e proporciona remuneração inicial de R$3.280, incluindo salário de R$2.227,26, ajuda-alimentação de R$572, vale-refeição de R$431,16 e vale-cultura de R$50. Os funcionários têm direito ainda a um amplo pacote de benefício e vantagens que incluem participação nos lucros ou resultados, vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica (planos de saúde), previdência privada e participação no Programa de Qualidade de Vida no Trabalho. O regime de contratação é o celetista. A validade inicial dos concursos do BB é de um ano, podendo ser prorrogada uma única vez, pelo meso período.


 


Serviço


www.cesgranrio.org.br


  


Confira dicas para uma boa Redação


 


A Redação, confirmada para o próximo concurso de escriturário do Banco do Brasil (BB), costuma assustar milhares de pré-candidatos que já se preparam em busca de uma vaga. Apesar disso, muitos deixam de lado o estudo da disciplina, dando prioridade a assuntos mais tradicionais do banco e cobrados da prova objetiva. Isso é um erro grave, que pode custar a aprovação, na visão do professor Márcio Coelho, de Língua Portuguesa e Redação da Academia do Concurso. "É um erro grave. Os candidatos devem fazer uma redação por dia e ter o costume de ler jornais e revistas que os mantenham atualizados, além de pegar provas anteriores do banco e da Fundação Cesgranrio, principalmente de 2013, 2014 e 2015", orientou o professor.


O especialista é mais um convidado do especial de Dicas do BB, e também avaliou a última prova do BB. O tema foi "Preservação do Espaço Público: um compromisso do cidadão com a sua cidade". "Foi a cobrança de uma dissertação argumentativa, onde o candidato tinha que dar a opinião. Havia textos de apoio, que ajudam na hora de elaborar o texto. Esse modelo deverá ser mantido." Márcio Coelho listou um passo a passo, que ajuda os concorrentes na hora da prova. De acordo com ele, no primeiro parágrafo, deve-se apresentar o ponto de vista, a ideia geral e acrescentar três argumentos. "Esses argumentos serão desenvolvidos nos três parágrafos seguintes. Logo após isso, na conclusão, o candidato terá que fazer expressão inicial sobre o tema, retomar a tese e, por fim, dar sugestões sobre o que pode ser feito sobre o tema", orientou.


A professora de Língua Portuguesa e de Redação Lilian Furtado, do site Gabaritando Redação, acredita que a disciplina nos treinos é fundamental para que o candidato elabore um bom texto no dia da prova. "É uma matéria que demanda um estudo inicial estratégico, ou seja, do conhecimento da estrutura da redação. É importante saber o que se faz na introdução, no desenvolvimento e na conclusão. Depois disso, vem o que para mim é o mais difícil: a disciplina para treinar. Isso, porque quem não tem o hábito de escrever possui dificuldades para elaborar uma redação. O ideal é escrever duas redações por semana", destacou.


 Click aqui (Edital)


Fonte: folha dirigida